23/06/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

PRF registra redução de mortes no feriado de Corpus Christi no Paraná

4 min de leitura

Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou uma redução de 55% de óbitos em sinistros de trânsito nas rodovias federais paranaenses neste feriado de Corpus Christi, em comparação com o mesmo feriado em 2023. O período de levantamento se estendeu da quarta (29) até a última hora do domingo (2) e encerrou com quatro mortes em sinistros de trânsito, contra nove registros ano passado. O número surpreende positivamente por contrariar as estatísticas do próprio mês de maio, que teve uma média de 1,5 morte por dia em sinistros de trânsito.

Todos os números relativos a sinistros de trânsito apresentaram reduções, entretanto as mortes e feridos no trânsito preocupam e poderiam ter sido evitadas, com mudança de comportamento dos usuários das rodovias.

Sinistros com óbitos – Operação Corpus Christi 2024
29/05 a 02/06 – Paraná
Data Hora BR Km Município Evento (tipo de acidente) Pista
simples/dupla
Traçado Clima Mortos Veículo ocupado pela vítima morta
01/06/2024 18:20 373 233 Imbituva/PR Colisão frontal Simples Reta Pista seca 1 Automóvel
02/06/2024 03:15 376 351 Ortigueira/PR Atropelamento de pedestre Dupla Reta Pista seca 1 Pedestre
02/06/2024 07:20 376 470 Ponta Grossa/PR Queda de ocupante Dupla Curva Pista seca 1 Motocicleta
02/06/2024 22:00 153 375 Rio Azul/PR Atropelamento de pedestre Simples Reta Pista seca 1 Pedestre
*Dados preliminares, podendo ser alterados

Das quatro mortes, três são de tipos de sinistros que têm aumentado o número de óbitos em 2024: colisão frontal e atropelamento de pedestre. Uma das mortes, em colisão frontal, que aconteceu no dia 1º em Imbituva (PR) é resultado de um automóvel circulando na contramão de direção, fato corriqueiro em ultrapassagens em local proibido, como era para o local do acidente. Os outros dois casos foram de atropelamento de pedestres. ambos em períodos de baixa luminosidade, fator de risco para os pedestres. Na madrugada do dia 2 em Ortigueira (PR), um homem de 42 anos morreu após ser atropelado, sendo apurado que o condutor que conduzia o veículo estava alcoolizado, assim como a vítima, aparentemente. O condutor foi preso e encaminhado à Polícia Civil. O outro atropelamento ocorreu no final da noite do dia 2, na BR 153 em Céu Azul (PR), ocasionando a morte de outro homem de 51 anos. Informações de testemunhas apontam que o homem estava deitado na rodovia antes de ser atropelado.

A quarta ocorrência com óbito foi registrada no dia 2 em Ponta Grossa (PR) e é um personagem que aparece negativamente nas estatísticas de sinistros de trânsito: o motociclista. No caso, verificou-se preliminarmente que a morte ocorreu após o condutor perder o controle da motocicleta esportiva e cair na via, sem interação com outros veículos ou pessoas.

Sinistros Operação Corpus Christi 2024
Comparativo 23/24 – Paraná
2023 2024 Percentual
Sinistros 112 99 -11,61%
Óbitos 9 4 -55,56%
Feridos 130 81 -37,69%
*Dados preliminares, podendo ser alterados

FISCALIZAÇÃO

Na Operação Corpus Christi deste ano, a PRF direcionou esforços prioritários para coibir os dois comportamentos de maior risco nas rodovias: ultrapassagens proibidas e excesso de velocidade. Como resultado, 510 condutores foram flagrados realizando ultrapassagens proibidas e outros 5.514 excedendo a velocidade máxima permitida. A combinação é um dos principais fatores a alavancar os números de sinistros e mortes nas rodovias.

A fiscalização de rotina também seguiu e foram registradas 61 autuações por álcool à direção e 360 usuários foram flagrados sem utilizar o cinto de segurança, equipamento básico de segurança. Os comportamentos, um pequeno retrato da realidade frente às limitações da fiscalização, apresentam um triste cenário de desrespeito às regras de trânsito e, consequentemente, à vida.

Flagrante BR 376 - Tibagi
BR 376 – Tibagi – Vel. Máxima 110 km/h

 

BR 376 Paranvai
BR 376 Paranavaí – Vel. Máxima 110 km/h

 

COMBATE AO CRIME

Neste feriado o trabalho de combate ao crime da PRF também apresentou bons resultados no estado: mais de seis toneladas de drogas foram apreendidas.

A imagem de capa é de um sinistro de trânsito do tipo incêndio, registrado na BR-376, em Tijucas do Sul (PR), na manhã da sexta-feira (31). Na ocasião, criminosos aproveitaram-se do sinistro para saquear a carga. A PRF atuou impedindo a continuidade do crime, conseguindo recuperar parte da carga e prender dois criminosos. O condutor do veículo não se feriu.

Durante o período da operação, 46 pessoas foram detidas no estado por crimes diversos, como tráfico de drogas, receptação de veículos roubados e crimes relacionados ao trânsito. Uma das ocorrências de mais relevância, foi cumprido em Campina Grande do Sul (PR), em parceria com a Polícia Civil do Paraná, um mandado de prisão de um estuprador. A captura foi realizada na noite do sábado (1º),  na BR 116, após investigações apontarem o homem de 49 anos como responsável por cometer o abuso sexual contra uma mulher, de 30 anos, na frente da filha dela, de apenas 12 anos. O crime aconteceu no último 14 de maio, após o carro da vítima apresentar uma pane, em Curitiba, no bairro Tatuquara. O indivíduo se aproveitou da situação e abordou a mulher, em posse de faca. Ele possui antecedente criminal por estupro e estava em cumprindo pena em regime aberto.

Estuprador serial
Estuprador preso em Campina Grande do Sul

Fonte: PRF

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!