20/07/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Estado lança edital para professores do ensino fundamental atuarem nos EUA

4 min de leitura

Os selecionados atuarão por um período de até três anos no ensino da língua portuguesa para alunos da rede pública norte-americana com idade entre 6 e 15 anos, em turmas da 1ª à 9ª série. As inscrições são gratuitas e seguem até 10 de março.

Professores do ensino fundamental das redes pública e privada do Paraná podem se inscrever para um intercâmbio em Utah, na região Oeste dos Estados Unidos. Os selecionados irão atuar por um período de até três anos no ensino da língua portuguesa para alunos da rede pública norte-americana com idade entre 6 e 15 anos, em turmas da 1ª à 9ª série. As inscrições são gratuitas e seguem até 10 de março.

A iniciativa faz parte do Programa de Imersão Dupla em Português do Estado de Utah, com amparo em um memorando de entendimento entre a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e a Secretaria de Educação de Utah, instituição responsável pelo processo seletivo. O objetivo é promover oportunidade de crescimento profissional e pessoal para os professores paranaenses.

A seleção será em três etapas eliminatórias: análise de documentos, entrevista em inglês e avaliação de uma experiência didática em sala de aula, gravada em vídeo pelos candidatos aprovados na segunda etapa. Segundo o edital, os candidatos devem estar aptos para o ensino de disciplinas como português, matemática, estudos sociais, ciências, educação física, artes e cultura geral.

Os professores interessados devem comprovar licenciatura em Pedagogia, Letras, Ciências, Matemática, entre outras áreas, além de experiência nos últimos três anos como docente do ensino fundamental em escolas públicas ou privadas do Paraná. Eles também precisam apresentar proficiência na língua inglesa equivalente a B1 (nível intermediário) do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (CEFR), um padrão internacional que classifica a fluência em dezenas de idiomas.

OPORTUNIDADE – Segundo o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Nelson Bona, o programa contribui para a qualificação dos professores paranaenses. “O intercâmbio internacional é uma forma de os professores se qualificarem e ampliarem seus repertórios. Muito além da possibilidade de aprimorar o outro idioma, viver e trabalhar no Exterior assegura inúmeros benefícios pessoais, ao mesmo tempo em que enriquece de maneira prática e eficaz o currículo. Lidar com as diferenças culturais também representa uma oportunidade para vivenciar outras realidades”, afirma.

A coordenadora do programa na Secretaria de Educação de Utah, Silvia Juhas, destaca a importância dessa parceria institucional. “O programa proporciona aos professores paranaenses conhecer diferentes abordagens e metodologias de ensino que contribuem para o crescimento profissional e para os alunos americanos a oportunidade de ter professores nativos que ensinam a língua e também a cultura”, salienta.

Nos EUA, o ano letivo começa em agosto e termina em maio, com férias nos meses de junho e julho. Os docentes selecionados assinarão contrato de trabalho de tempo integral, com dedicação de 40 horas semanais, sendo 10 horas para planejamento e 30 horas para atividades em sala de aula.

Desde 2015 já foram selecionados 45 professores paranaenses pelo Programa de Imersão Dupla em Português do Estado de Utah, sendo que 38 permanecem trabalhando em território americano. Atualmente, o português é ensinado em sete distritos escolares do Estado de Utah.

BENEFÍCIOS – Os professores receberão remuneração que varia de US$ 45 mil anuais (renda bruta), o que equivale a R$ 234,4 mil, até US$ 58 mil, cerca de R$ 302,1 mil. Os salários serão pagos durante o ano letivo, iniciando na segunda metade do mês de setembro e finalizando na segunda metade do mês de agosto. Os professores também terão planos de saúde e odontológico e moradia provisória nas duas primeiras semanas.

O programa permite, ainda, o acompanhamento da família, com visto de trabalho em tempo parcial para o esposo ou a esposa e matrícula em escola pública para filhos com até 21 anos. Os custos de passagem e visto serão providenciados pelos candidatos.

 

Serviço:

 

Inscrições: até 10 de março – Edital AQUI

 

Avaliação da documentação: 11 a 16 de março

 

Entrevistas: 22 e 23 de março

 

Envio de vídeos com aulas: 31 de março

 

Avaliação de experiência didática: 1º a 24 de abril

 

Divulgação do resultado: 28 de abril

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!