15/04/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Rede estadual do Paraná tem 349 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática

2 min read

Voltada a estudantes de escolas públicas de todo o Brasil, o OBMEP premiou 29 colégios estaduais paranaenses nesta edição. 24 alunos da rede estadual conquistaram medalhas de ouro, outros 78 ganharam a de prata e 247 estudantes, a de bronze.

A 17ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), premiou 29 colégios estaduais paranaenses nesta edição. Além disso, 24 alunos da rede estadual conquistaram medalhas de ouro, outros 78 ganharam a de prata e 247 estudantes, a de bronze.

A OBMEP é voltada a estudantes de todo o Brasil, do 6º ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio. Foram duas etapas de avaliação: a primeira, que aconteceu em junho, consistiu em uma prova objetiva de 20 questões, enquanto a segunda fase, que ocorreu em outubro, foi uma prova discursiva com seis questões.

“Não tive muita dificuldade para resolver as questões, pois me sentia preparado para a prova”, diz o aluno Carlos André Castoldi (11), que conquistou uma medalha de ouro, com a segunda nota mais alta do Paraná no nível 1 – para 6º e 7º anos do ensino fundamental – entre as escolas públicas (redes estadual e federal).

Diagnosticado com altas habilidades, Carlos estuda no 7º ano da Escola Estadual Dr. Waldemiro Pedroso, em Jaguapitã, no Norte do Paraná. “Participar das olimpíadas foi uma experiência única, principalmente para os fãs de Matemática, como eu”, ressalta.

Já Marcio Suominsky (12) obteve a terceira maior nota do Paraná no nível 1 entre as escolas públicas. “Foi bem legal. Tinha algumas questões difíceis, mas eu tinha me preparado”, conta. O estudante, que também adora as aulas de Matemática, frequenta o Colégio Estadual Rui Barbosa, em Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

PROFESSORES – A OBMEP também premia os professores, de acordo com a classificação de seus alunos. A rede estadual do Paraná, neste ano, teve 39 docentes contemplados. Uma delas foi Maura Almeida Dicenha, professora de Matemática do Colégio Estadual Senador Correia, em Ponta Grossa.

“Me senti muito feliz, principalmente sabendo que as aulas de Matemática deixaram de ser um bicho-papão e que muitos conseguiram aprender e tiveram um bom desempenho, sem medo. Isso é o mais importante”, comemora a professora. Maura, que produz conteúdo de Matemática nas redes sociais, participou da OBMEP com 10 alunos do ensino médio.

As medalhas de ouro serão entregues em uma cerimônia realizada pelo IMPA no prazo de dois anos após a realização da edição. As medalhas de prata e bronze, assim como os prêmios para professores, escolas e secretarias municipais, serão entregues ao longo de 2023 pelas coordenações regionais da OBMEP.

Agência Estadual de notícias

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!