24/05/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Agência de Inovação do Vale do Sol é inaugurada em Assaí PR

4 min de leitura

O município de Assaí, na região Norte, inaugurou nesta quinta-feira (30) a Agência de Inovação do Vale do Sol, com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI). O espaço está entre os 188 ambientes promotores de inovação credenciados pelo Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná (Separtec).

A iniciativa é resultado de parceria entre a SEI, a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) e a Fundação Araucária, integrando uma estratégia que inclui, também, a destinação de R$ 34 milhões para fomento da inovação em todas as regiões do Paraná por meio de duas chamadas públicas, cujos editais já estão abertos.

Por meio de um formato colaborativo que aproxima o setor privado, setor público e universidades, o município tem a meta de se tornar a primeira cidade-laboratório do País. Em fevereiro, Assaí foi selecionada como uma das 21 comunidades mais inteligentes do mundo, segundo o prêmio Smart 21 Communities Of 2023, do instituto Intelligent Community Forum (ICF), ao lado de Curitiba e Ponta Grossa.

O secretário da Inovação, Marcelo Rangel, destaca a evolução dos municípios de menor porte no avanço e incentivo do desenvolvimento em qualificação, ecossistemas de inovação, ciência e tecnologia.

“É incrível ver como Assaí está se destacando no cenário da inovação. O Vale do Sol é um exemplo de como a parceria entre município e governo estadual pode transformar uma comunidade. O espaço, dentro de um colégio estadual, é um verdadeiro centro de criatividade, oferecendo oportunidades para os alunos e a comunidade local se envolverem com tecnologia, cursos e projetos inovadores”, destacou.

A Agência de Inovação fica dentro do Colégio Estadual de Ensino Profissionalizante (CEEP), unidade que coleciona prêmios na área de inovação. O colégio possui cerca de 800 alunos e atende nove municípios da região Norte. Entre os principais projetos estão o desenvolvimento de startups, sistemas e aplicativos voltados para os setores do agronegócio, engenharia elétrica, mecânica e automação.

O Vale do Sol é equipado com estúdio fotográfico, estúdio de TV, estúdio para gravação de podcasts, ambiente para cocriação e produção de protótipos, espaço de coworking, escritório virtual, espaço multiuso que pode ser utilizado como sala de aula ou sala de reunião, onde serão ofertados cursos de programação, banco de dados, design, gestão de negócios e marketing digital, além de um auditório virtual para reunir a comunidade dentro do metaverso.

Ele tem como objetivos gerar empregos e renda, melhorar a qualidade dos serviços de saúde e educação e promover o bem-estar da população de forma sustentável. “Assaí é uma nova versão da política pública do Brasil, incluindo as cidades pequenas no rol de entes com contribuições para as novas estratégias de desenvolvimento local, conjugando o modelo paranaense de desenvolvimento”, destacou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Assaí, Igor Oliveira.

AGÊNCIAS DE INOVAÇÃO – O projeto de implementação de Agência de Inovação tem como objetivo promover o desenvolvimento de municípios de pequeno e médio porte por meio da criação de espaços públicos com governança compartilhada entre os municípios, o governo estadual, instituições de ensino, secretarias municipais, Sistema S e setor privado.

As agências visam o maior acesso a novas tecnologias e empreendedorismo para cidadãos de todas as regiões do Paraná, além de fomentar a criação de novos produtos e serviços através de qualificações e parcerias. As ações buscam conectar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, como a redução de desigualdades, o desenvolvimento de comunidades sustentáveis, o crescimento econômico, entre outros.

ÓCULOS AMIGO – Durante a inauguração também foram entregues dois dispositivos do programa Óculos Amigo para alunos cegos da rede pública de ensino da região. O OrCam MyEye 2.0 é um dispositivo com inteligência artificial que visa auxiliar o aprendizado de alunos com cegueira da rede estadual de ensino, promovendo a autonomia e assegurando a inclusão social.

Fabricados em Israel, eles estão equipados com uma saída de áudio e uma câmera de 13 megapixels que capta imagens e transcreve áudio por meio de inteligência artificial, sem a necessidade de conexão com a internet. Além de reconhecer diferentes tipos de textos e cores, os óculos também são capazes de identificar cédulas de dinheiro (real ou dólar) e de identificar até 200 tipos de rostos humanos.

Fonte: AEN

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!