21/05/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

6ª Parada Cultural LGBTQI+ de Londrina será realizada neste domingo (5)

3 min de leitura

Neste domingo (5), das 12h às 20h, será realizada, em Londrina, a 6ª edição da Parada Cultural LGBTI+ no Centro Social Urbano (CSU) da Vila Portuguesa, o Buracão. Com feira de Economia Criativa e várias apresentações musicais, o evento terá a temática “Porque todes merecem viver sua verdade sem medo. Priorize e celebre a saúde mental LGBTI+”.

Foto: Divulgação

Promovida e organizada pelo Movimento Construção, essa edição busca ressaltar o cuidado com a saúde mental como um ato de autenticidade e resistência, pois, cuidar da saúde mental é cultivar o amor próprio em sua essência. E a Parada recebe patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Segundo o secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini, a cultura de Londrina cumpre a sua missão de promover a diversidade ao financiar a parada LBGTI+ na Vila Portuguesa. São esperadas pessoas de toda a região, consolidando a Parada como um momento singular no calendário cultural da cidade. “A parada vem crescendo ano a ano. E tem não só a função de dar expressão e voz, mas, também, visibilidade para essas pessoas tão perseguidas pela sociedade, vítimas da violência homofóbica. A Parada é um momento para que exponham seus dotes artísticos, talento e sua força, contribuindo para a diversidade na sociedade”, ressaltou.

O repertório de artistas será bem diversificado e o público poderá desfrutar de atrações divididas em quatro categorias. A primeira é composta por cantores e grupos, como a Banda Maracajá, a multiartista Carolina Sanches, o grupo Malemolência, a cantora e DJ Ariel Trippy e a rapper Cleópatra.

A segunda categoria traz DJs com os melhores e mais diversificados setlists da cidade. Eles serão representados por Kachorrona, Amber Woss, Gui Popolin e Gabi Kurita. A terceira categoria destaca a arte Drag Queen, e contará com as Queens Kyara D’Lis, Bianca Alonso, Larissa Point e Priscila Chandon. Por fim, a categoria dançarinos e grupos terá participação dos grupos House of Aurora, House of Ocean, Arte Sem Censura e a dançarina Fernanda Fugi.

Em 2022, ano em que ocorreu a 5ª edição da Parada, cerca de 23 mil pessoas prestigiaram o evento. A expectativa para esta edição é de que 20 mil pessoas de Londrina e região, a partir da organização de caravanas independentes, compareçam ao evento e aproveitem as atrações.

O público presente também poderá desfrutar dos produtos diversificados da Feira de Economia Criativa. A Casa Pagu Colaborativa terá artesãos expondo acessórios, arte, comida e bebida, produtos naturais, artesanato, licores, macramê, roupas, entre outros, a fim de fomentar a geração de renda por meio da economia criativa.

“A Parada Cultural LGBTI+ de Londrina é um evento que marca um posicionamento político-cultural de respeito e inclusão, que luta por igualdade, por dignidade. E só é possível com a construção e dedicação de muitas pessoas que compartilham esse desejo de viver em uma sociedade mais justa, marcada pelo respeito e pelo amor”, enfatizou uma das organizadoras do evento, Mariana Valle.

Para Valle, as expectativas para esta edição são as mais positivas possíveis. “Queremos, novamente, fazer história com um público ainda mais expressivo. E que o evento fomente economicamente a cidade, por meio da economia criativa, transporte e turismo, setor hoteleiro e alimentício, gerando renda direta e indireta para a cidade”, finalizou.

A 6.ª edição da Parada Cultural LGBTI+ de Londrina é uma realização do Coletivo Movimento Construção, com produção de Pá Artística e apoio DACC Estúdio e New York Lounge Londrina.

Texto: Luiza Arlindo, sob supervisão dos jornalistas do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina.

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!