21/05/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

UEL espera mais de 30 mil visitantes na Semana Estadual de Ciência e Tecnologia

4 min de leitura

Mais de 30 mil visitantes participarão do maior evento científico do Estado, entre os dias 6 a 10 de novembro na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Durante a Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná – Paraná Faz Ciência 2023, diversos serviços estarão disponíveis à comunidade, que vai poder conferir o que é produzido no campo de ciência e tecnologia nas universidades. As inscrições para o evento encerram nesta terça-feira (31) e são gratuitas.

A UEL está preparando uma grande estrutura para acolher toda a comunidade externa que deseja ver de perto todas as inovações produzidas pelo sistema de ciência e tecnologia do Paraná.

COMO CHEGAR – Todos os acessos à UEL estarão liberados para facilitar o trânsito nos dias do evento. Para os que pretendem vir de ônibus, a Transportes Coletivo Grande Londrina (TCGL) oferece, entre outras, sete linhas urbanas e duas metropolitanas com paradas em diferentes pontos da UEL.

Com saída do Terminal Central, as linhas 305, 307 e 315 ligam o centro da cidade ao câmpus. Além disso, saindo dos terminais Acapulco e Vivi Xavier, a linha 904 faz o trajeto Conjunto São Lourenço/ Jardim Sabará (interbairros da Zona Sul). Já a linha 913 sai do Terminal Shopping Catuaí em direção à UEL.

A linha 835 faz o percurso do Terminal Milton Gavetti rumo ao Centro de Educação Física e Esportes (Cefe) da Universidade. Por fim, a linha 932, passando com menor frequência pelo câmpus, liga o Terminal Vivi Xavier ao Terminal Oeste. No sentido metropolitano, entretanto, existem as linhas 1907, que sai do centro de Cambé rumo ao Shopping Catuaí, e 1920, que sai do Terminal Ibiporã até ao Terminal Shopping Catuaí.

Da rodoviária, há a opção de pegar a linha 109 para o Terminal Central. Já do Aeroporto, há a linha 108, no sentido Jardim Albatroz. Em ambas as situações, o visitante chegará ao centro de Londrina, onde poderá recorrer às linhas 305, 307 e 315 para vir à Universidade. O preço da tarifa é de R$ 4,80 para o público em geral e de R$ 2,40 para estudantes.

Já para os que vão ao câmpus com veículo privado, como carro e moto, as principais vias de acesso são pela Rua Constantino Pialarissi, Avenida das Peróbas e Rua Ipê Branco (Guarita da UEL). Para estacionar, os participantes poderão utilizar o espaço da Usina Fotovoltaica, que fica ao lado da Clínica Odontológica Universitária (COU). Nos oito centros de estudos, há ainda outras opções de estacionamento gratuito – haverá um local próprio para a instalação do Centro de Ciências da Saúde (CCS) no Câmpus, ao lado do prédio do Cefe.

ONDE COMER – Durante o Paraná Faz Ciência, diversos locais de alimentação no Câmpus funcionarão normalmente. Na Rua Manacá, dentro da UEL, o Restaurante Universitário (RU) abre as portas aos visitantes das 11h às 14h e das 17h30 às 19h30. O cardápio é publicado na página @rudauel diariamente. Para evitar filas, a aquisição de créditos deve ser feita nos terminais de autoatendimento, situados do lado de fora do ambiente, ou de forma online, através dos portais do Estudante e Servidor.

É proibido o uso de garrafinhas no recinto para o consumo do refresco, mas o público pode levar copos e canecas. O RU não fornece copos descartáveis nem canecas para uso pessoal.

Os preços variam de acordo com o cliente. É necessário apresentar carteirinha física ou digital para a liberação nas catracas. Para estudantes de pós-graduação, graduação e cursinho, o valor fixo é de R$ 4,70; para beneficiários da moradia estudantil ou de outro subsídio ampliado, R$ 1,00; e para alunos indígenas, R$ 2,70. Já para os visitantes, a refeição sai por R$ 15.

Os interessados devem apresentar o número do CPF e um cartão bancário de débito ou crédito nos terminais de autoatendimento do RU. Por fim, crianças entre 5 e 14 anos pagam R$ 8,30, enquanto adolescentes, aprendizes e estudantes do colégio de aplicação pagam R$ 2,70.

Além do RU, atualmente, existem na UEL sete pontos de alimentação. São quatro cantinas: na praça próxima ao Centro de Ciências Biológicas (CCB), no Centro de Educação Física e Esportes (Cefe) e outras duas no Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca) e no Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa). Além disso, há três quiosques: um no Calçadão, entre a Biblioteca Central (BC) e o Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU), outro no Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH) e, por fim, um no Ceca.

SERVIÇOS DE SAÚDE – Como em qualquer evento de grande porte, o suporte de ambulâncias e brigadistas, exigido por lei, estará à disposição para toda a comunidade no evento. No entanto, a UEL disponibiliza aos estudantes, servidores e professores serviços gratuitos na área de saúde. Para cuidados primários, a comunidade universitária deve recorrer à Divisão de Assistência à Saúde da Comunidade (Dasc), que fica no Ambulatório de Especialidades do Hospital Universitário (AEHU), no Câmpus.

OUTRAS DÚVIDAS – Durante o evento, os seguranças da UEL vão tirar as dúvidas dos presentes. Espalhadas pelo Câmpus, placas de sinalização ajudarão os visitantes a se localizar.

PARANÁ FAZ CIÊNCIA 2023 – O Paraná Faz Ciência 2023 é uma iniciativa da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), em parceria com a Agência Araucária, a Secretaria Estadual de Modernização, Transformação e Inovação (SEI) e a Universidade Estadual de Londrina.

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!