23/04/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Na semana estadual de doação de leite humano, Estado busca ampliar número de doadoras

3 min de leitura

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disponibiliza os bancos de leite humano para atender as necessidades da assistência neonatal. Esse leite ajuda a garantir a sobrevivência de muitos bebês prematuros internados nas Unidades de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) do Estado.

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano será celebrado nesta sexta-feira (19) e, com esse mesmo propósito, o Paraná comemora a semana estadual buscando sensibilizar profissionais de saúde e lactantes quanto à importância da doação. Ela ajuda a garantir a sobrevivência de muitos bebês prematuros internados nas Unidades de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) do Estado.

Diariamente, recém-nascidos das UTINs recebem o leite humano, alimento essencial para o desenvolvimento e crescimento. No entanto, eles por vezes não podem ser alimentados diretamente pelas próprias mães e precisam contar com a solidariedade daqueles que têm leite excedente.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disponibiliza os bancos de leite humano para atender às necessidades da assistência neonatal. Eles oferecem serviços especializados, fazem a coleta e processamento do leite doado com rigoroso controle de qualidade e depois distribuem para bebês prematuros e de baixo peso, além de oferecer atendimento de orientação, manejo e apoio à amamentação.

“É fundamental esse gesto de solidariedade. Nem sempre as mães dos bebês internados conseguem fornecer o leite. O Governo do Estado dá todo o suporte necessário para que essa alimentação crucial para prematuros esteja disponível nesse momento”, destacou o secretário Beto Preto.

BANCOS – Atualmente o Paraná conta com 15 bancos de leite humano e 15 postos de coleta para o atendimento. Em 2022 foram coletados aproximadamente 24.175 litros de leite, que beneficiaram mais de 15,2 mil bebês. Apesar da quantidade doada, ela ainda é insuficiente para atender a demanda de todas as UTINs do Estado.

DOAÇÕES – Podem ser feitas nos postos de coleta ou por agendamento. Toda mãe que amamenta é uma possível doadora de leite humano. Para doar, basta ser saudável e não estar usando nenhum medicamento que interfira na amamentação.

Qualquer quantidade disponibilizada pode ajudar. Cerca de 1 ml de leite já é suficiente para nutrir um recém-nascido a cada refeição, dependendo do peso. Cada recipiente de 300 ml pode ajudar até 10 recém-nascidos por dia.

Para doar é só entrar em contato com o banco de leite humano ou posto de coleta mais próximo de sua residência.

Confira os locais:

Apucarana – Hospital da Providência

Campo Mourão – Hospital Santa Casa de Campo Mourão

Cascavel – Hospital Universitário do Oeste do Paraná

Curitiba – Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Hospital Universitário Evangélico Mackenzie

Foz do Iguaçu – Avenida Gramado, 763 Vila A

Guarapuava – Banco de Leite Humano São Vicente de Paulo

Londrina – Banco de Leite Humano Maria Lucilia Monti Magalhães

Maringá – Hospital Universitário Regional de Maringá

Pato Branco – Banco de Leite Humano São Lucas

Ponta Grossa – Hospital Universitário Materno Infantil

São José dos Pinhais – Hospital e Maternidade São José dos Pinhais

Umuarama – Banco de Leite Humano Norospar

Toledo – Banco de Leite Humano Dr. Jorge Nisiide

Postos de coleta:

Apucarana – Rua Rio Branco, 435

Arapongas – Rua Gaturamo, 950

Cambé – Unidade de Lactação de Cambé

Cascavel – Hospital São Lucas FAG e Hospital Policlínica

Cornélio Procópio – Casa da Misericórdia de Cornélio Procópio

Curitiba – Hospital Pequeno Príncipe

Foz do Iguaçu – Rua Renato Montemezzo, 591 – Centro

Londrina – Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, Hospital do Coração de Londrina/Bela Suíça e Hospital Evangélico

Maringá – Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Maringá

Paranavaí – Paranavaí Acolhe Seu Filho com Amor

Pato Branco – Hospital Policlínica

Rolândia – Unicoamor

Mais informações podem ser acessadas no link https://rblh.fiocruz.br/localizacao-dos-blhs

Agência Estadual de notícias

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!