21/05/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Em Arapongas: Após investimento de R$ 18,3 milhões, novo pronto-socorro do Honpar passa a ter 140 leitos

4 min de leitura

Governador Carlos Massa Ratinho Junior - Honpar

O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou nesta quinta-feira (1) a primeira etapa do novo pronto-socorro do Hospital Norte Paranaense (Honpar), em Arapongas, no Vale do Ivaí, para ampliar a oferta de serviços de urgência e emergência na região. A construção da estrutura recebeu um investimento de R$ 18,3 milhões do Governo do Estado, por meio de um convênio firmado com a Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer, entidade sem fins lucrativos responsável pela gestão do Honpar.

“É um projeto fantástico e moderno, que vai atender toda a região Norte do Paraná. Ele tem uma robustez tanto no número de leitos, quanto na qualidade dos equipamentos, com uma das maiores estruturas do País”, afirmou Ratinho Junior. “É mais um projeto que sai do papel dentro da nossa estratégia de levar a saúde para mais perto das pessoas”.

Localizado às margens da PR-444, o pronto-socorro tem cerca de 4 mil metros quadrados de área construída e 140 leitos, um dos maiores do Paraná. Ele vai ampliar a capacidade de atendimento mensal do Honpar, de 1.500 para cerca de 8.500 pacientes. Com a nova estrutura em funcionamento, a cobertura assistencial para a população de Arapongas e região também aumentará em aproximadamente 150%, atingindo mais de 500 mil habitantes.

Segundo o governador, a conclusão do projeto conjunto reforça a estratégia de regionalização da saúde em parceria com os municípios, entidades filantrópicas e a iniciativa privada para ampliação dos serviços e melhoria dos atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná.

“Além dos novos leitos de urgência e emergência, o parque hospitalar da Honpar atende várias especialidades, como cardiologia e oncologia. Por isso queremos lançar também uma nova ala de quimioterapia, para dar suporte às pessoas que fazem o tratamento oncológico”, salientou Ratinho Junior, referindo-se a uma segunda etapa do processo de ampliação da estrutura do Hospital Norte Paranaense.

“Esta é mais uma marca da regionalização da saúde promovida pelo Governo do Estado, que olha para o Interior”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Esse prédio novo vai ser revertido na atuação dos profissionais da saúde em prol do povo paranaense”.

Ele também destacou que a licitação que definiu a empresa responsável pela execução da obra pelo critério de menor preço gerou uma economia de quase 20% em relação ao valor originalmente projetado, o que permitirá a aplicação do valor excedente em outras benfeitorias do Honpar.

HONPAR – O novo pronto-socorro do Honpar integra o complexo hospitalar que é uma referência para a saúde no Norte do Paraná, atendendo pacientes encaminhados pelo SUS de mais de 150 municípios paranaenses, além de pacientes de outros estados por meio da Central Nacional de Alta Complexidade (CNRAC).

A nova estrutura foi entregue nesta quinta junto com um hospital de retaguarda, que também inclui consultórios, salas de espera, triagem, observação e politraumatismo, Unidades de Terapia Intensiva (UTI), além de espaços equipados para exames de ultrassonografia, raio-x e tomografia e serviços de radioterapia e oncologia, Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria.

“Com esta ampliação, nos tornamos referência em saúde para o Paraná e para o Brasil, com um dos maiores prontos-socorros do Estado”, destacou o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre. “Um novo hospital, com mais de 500 leitos, também está sendo construído no mesmo terreno, também um dos maiores do Paraná. Isso amplia a capacidade e moderniza a saúde, salvando vidas e fazendo com que os trabalhadores tenham onde ser atendidos”.

Com mais de mil profissionais, o hospital oferece uma ampla gama de serviços, incluindo pronto-socorro, internação, cirurgias, diagnóstico por imagem, terapia intensiva e transplantes. O Honpar também funciona como um importante centro de ensino e pesquisa. A oferta de residência médica em diversas especialidades contribui para a formação de profissionais de saúde qualificados.

O acesso direto à PR-444 e a proximidade com as rodovias BR-369, PR-218 e PR-376 farão com que os deslocamentos das equipes móveis de atendimento de urgência e emergência sejam mais rápidos, evitando também a sobrecarga de demanda de outros hospitais e unidades de saúde.

Outra vantagem é com relação aos atendimentos que requerem suporte aéreo, com a implantação de um heliponto na área interna do novo pronto-socorro. Até então, os helicópteros precisavam pousar em um terreno ao lado do antigo pronto-socorro, com conclusão do transporte dos pacientes via ambulância, causando mais demora no tratamento, além de transtornos no trânsito da região.

PRESENÇAS – O evento também contou com a presença dos secretários estaduais do Planejamento, Guto Silva; das Cidades, Eduardo Pimentel; e da Segurança Pública, Hudson Teixeira; do comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Jefferson Silva; dos deputados estaduais Tiago Amaral, Pedro Paulo Bazana, Alexandre Curi, Cloara Pinheiro, Cobra Repórter, Márcia Huçulak e Luiz Claudio Romanelli.

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!