23/06/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Curso gratuito da Copel ensina noções de elétrica para mulheres em Londrina

2 min de leitura

A iniciativa de oferta do curso é de funcionários voluntários da Copel em Londrina, e as inscrições para a primeira turma estão abertas até o dia 2 de dezembro.

Mulheres que querem ter maior autonomia para realizar pequenos reparos nas instalações elétricas em ambiente doméstico, ou mesmo que aspiram desenvolver conhecimentos para atuar em uma nova profissão, agora têm a oportunidade de participar de um curso básico gratuito de duas semanas para adquirir noções de elétrica residencial e predial. A iniciativa de oferta do curso é de funcionários voluntários da Copel em Londrina, e as inscrições para a primeira turma estão abertas até o dia 2 de dezembro.

O projeto piloto do curso foi realizado com uma turma formada por funcionárias que atuam em áreas administrativas da Companhia. Agora, serão dez vagas ofertadas para a comunidade, mas com a previsão de novas turmas em 2023. As aulas acontecem por duas semanas, de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 22h30.

Nos três primeiros dias, os professores apresentam a teoria sobre os deveres e responsabilidades na execução de serviços que envolvam eletricidade e conceitos como: tensão elétrica, tensão contínua, tensão alternada e corrente elétrica. Todo o restante do curso é composto por aulas práticas, feitas em um “apartamento didático” montado na sede da empresa, especialmente para o curso. O objetivo é que, ao fim da programação, as alunas consigam fazer serviços como a troca de um chuveiro ou a instalação de um interruptor.

 

“Nós sempre conversamos o que podemos fazer para melhorar a sociedade, para dar oportunidade às pessoas, e surgiu a questão da equidade de gênero. Conversamos sobre as profissões em que não se vê mulheres trabalhando, e uma delas é a de eletricista predial”, explica o engenheiro eletricista e professor voluntário Márcio Alexandre Ramos Pinto.

 

A equidade de gênero é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) elencados pela ONU para o ciclo que segue até 2030, com os quais a Copel tem compromisso, enquanto signatária do Pacto Global.

Agência Brasil

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!