23/04/2024

Sertanopolis News

Nada além da verdade!

Cerca de 3 a 4 Sertanopolenses estão caindo diariamente em diversos tipos de golpes

3 min de leitura

Em torno de 3 a 4 Sertanopolense, diariamente estão caindo em diversos tipos de golpes. Conforme a Polícia Civil os golpes mais comuns são: golpe do Pix pelo WhatsApp, bilhete premiado, venda do Olx e outros golpes como o de máquina Agrícola que já causaram prejuízos de até 200 mil reais.

Golpe do Pix:

No golpe, o criminoso liga ou envia uma mensagem se passando por um funcionário de site de compra ou de um banco e diz que estará encaminhando um código promocional ou código de confirmação. Ele pede para que a vítima informe esse código que, na verdade, é a verificação do WhatsApp e com ele o criminoso consegue clonar a conta do consumidor.

Após a clonagem, o criminoso passa a enviar mensagens para os contatos da vítima, se passando por ela, pedindo dinheiro. As desculpas para solicitar dinheiro emprestado são as mais diversas, e na maioria das vezes os alvos principais da investida são os parentes mais próximos e amigos que, acreditando na mensagem, acabam depositando ou transferindo valores seguindo as coordenadas do criminoso.

Golpe do bilhete premiado:

O primeiro passo do golpe do bilhete premiado é a abordagem. Neste momento, os criminosos buscam por pessoas mais velhas que estejam andando sozinhas na rua, seja perto de casa ou no trabalho.

Logo em seguida, vem o momento de contar uma história. Aqui, o criminoso utiliza a narrativa de que possui um bilhete premiado, mas, por algum motivo, não consegue retirar o prêmio na loteria.

Desse modo, o foco é convencer a vítima a ajudá-la a resgatar o prêmio. Neste momento, o criminoso pode ligar para um suposto funcionário da Caixa Econômica Federal, a fim de confirmar o prêmio.

A próxima etapa consiste em oferecer uma parte do valor do prêmio para a vítima. No entanto, como garantia de que ela é uma pessoa confiável, pede-se uma transferência em troca.

É neste momento que o golpe do bilhete premiado é aplicado. Afinal de contas, após entregar o dinheiro para os criminosos em troca de uma parte do prêmio, eles fogem e deixam a vítima sozinha.

Golpe do OLX:

O golpista procura em um site ou aplicativo um anúncio verdadeiro, por exemplo: uma máquina agrícola como uma colheitadeira;

Ele entra em contato com o vendedor fingindo interesse pelo produto. Nesse momento ele aproveita para fazer perguntas para tornar o golpe ainda mais verdadeiro;

Em seguida ele cria um falso anúncio com as mesmas características da colheitadeira, inclusive com a mesma foto, porém com preço bem mais baixo;

Querendo pagar menos, o comprador entra em contato com o anúncio falso e fala com o golpista;

Em seguida, o criminoso arranja o encontro entre o verdadeiro vendedor e o comprador para que ele veja a colheitadeira pessoalmente;

Para que ninguém toque no assunto do preço, o criminoso cria a seguinte estratégia: para o vendedor, ele diz que quem vai ver o produto é uma pessoa que está lhe devendo dinheiro; já para o vendedor, ele diz que quem vai junto na intermediação é um parente próximo, como um primo. Com essa desculpa ele pede que nenhuma das partes fale sobre o valor da colheitadeira;

Fechado o negócio, o comprador transfere o dinheiro para o falso vendedor que some após o pagamento;

Quando as vítimas (vendedor e comprador) percebem o golpe, pode ser tarde demais.

Os roubos domésticos estão solucionados, pois os que vinham praticando estes tipos de crimes estão presos, então os futuros furtos que acontecerem, virão de pessoas de fora. A polícia orienta a população que instale câmeras de segurança e alarmes em suas residências e locais de trabalho, para assim inibir o furto.

 

Deixe seu comentário
Compartilhe
error: Conteúdo protegido!!