Paraná está perto de sair da situação de surto de sarampo

Boletim divulgado nesta quinta-feira (16) pela Secretaria de Estado da Saúde confirma que o Paraná permanece há 83 dias sem registrar novos casos de sarampo.

O informe apresenta 1.838 casos confirmados da doença, um a mais em relação ao boletim da última semana. Porém, a  Coordenação de Vigilância Epidemiológica esclarece que ele faz parte de investigações anteriores e por isso não é contabilizado como novo.

São necessários 90 dias sem registro de novas confirmações para que a atual situação de surto seja encerrada no Estado. O monitoramento do sarampo começou em agosto de 2019, quando foi confirmada a primeira ocorrência em Campina Grande do Sul, após 20 anos sem registros da doença no Paraná.

De acordo com o Ministério da Saúde, sarampo é altamente contagioso e a partir do registro de um caso confirmado a condição de surto já fica caracterizada regionalmente.

“A principal forma de conter e evitar ocorrência da doença é com a vacinação. Por isso, alertamos que a campanha de imunização contra o sarampo teve o prazo estendido, seguindo até o dia 31 de agosto”, alerta o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. Nesta fase, a vacinação é dirigida para adultos de 20 a 49 anos.

ROTINA – Além da campanha nacional, com a imunização de grupos considerados prioritários, a vacina contra o sarampo também faz parte da rotina de vacinação de crianças, adolescentes e adultos, sendo aplicada na rotina das unidades de saúde.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Sertanópolis recebe recursos para enfrentamento à Covid-19

sex jul 17 , 2020
O Município de Sertanópolis recebeu um reforço de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) para o enfrentamento do Covid-19. Esta verba foi requisitada pelo Vereador Glauco Rogerio Ghisleri. O recurso será utilizado para benfeitorias na rede pública de saúde, com foco na assistência ao cidadão. O vereador Glauco informou […]

Tags