Mãe e padrasto matam bebê de um ano a socos e dentadas

A mãe e o padrasto de um bebê de um ano e três meses foram presos em flagrante ontem (06), suspeitas de matarem a criança em Praia Grande (SP).

O pequeno Anthony Daniel de Andrade Moraes tinha marcas de mordidas e diversas fraturas e hematomas pelo corpo, segundo laudo médico. A criança chegou a ser levada, já morta, ao hospital pelo padrasto, o gráfico Ronaldo Silvestrini Júnior, 22 anos.

A polícia foi chamada depois que os enfermeiros da UPA Samambaia constataram sinais de agressão no corpo do pequeno Anthony. O padrasto foi preso por homicídio triplamente qualificado após se contradizer sobre as marcas de agressão no corpo da criança.

A mãe do bebê, Giúlia de Andrade Cândido, 21 anos, também foi detida acusada de falso testemunho, com fiança fixada em dez salários mínimos.

Exames constataram que o bebê tinha fratura no crânio, tórax, clavícula, no nariz, mandíbula e presença de sangue no ouvido e diversos hematomas na testa e no rosto.

TnOnline

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Policiais recuperam veículo furtado e detém autor logo após ação criminosa

qua jan 8 , 2020
Durante a tarde desta terça-feira (07), policiais realizavam o patrulhamento quando foram informados via Central de Operações que um veículo Hyundai/Veracruz de cor preta, acabara de ser sido furtado no Edifício Santos Dumont. De pronto, as equipes começaram a fazer diligências, sendo que a localização do veículo em movimento, estava […]

Tags